Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário do Ano C-19

Diário do Ano C-19

09
Dez21

Vacinar as crianças contra a covid-19 é imoral

João Miguel Almeida

O governo quer vacinar 637.907 crianças para evitar 50 internamentos e cinco hospitalizações em cuidados intensivos. A relação causa-efeito é altamente discutível, pois as estimativas baseiam-se num ensaio clínico da Pfizer com menos de três mil crianças dos cinco aos onze anos, em contraste com os ensaios clínicos em adultos que abrangeram entre trinta e quarenta mil pessoas. Se partirmos do princípio de que a relação causa-efeito está certa, não está provado que o mesmo efeito não podia ser alcançado com uma vacinação muito mais restritiva. Parece-me óbvio que se vacinar mais de meio milhão de crianças só evita cinquenta internamentos, as crianças internadas são as que já tinham vulnerabilidades. A vacinação devia então dirigir-se a este grupo específico: crianças obesas, imunodepressivas, com doenças raras, etc.

Outro argumento a favor da vacinação massiva das crianças seria não tanto a proteção da saúde das crianças, mas reduzir os contágios. Mas este argumento é frágil. Portugal é um país envelhecido, onde há relativamente poucas crianças. E está mais do que provado de que a vacinação não evita o contágio. Ainda recentemente foi noticiado um caso de contágio num hospital de Málaga em que todos os profissionais de saúde estavam vacinados (ver aqui).

A vacinação de crianças é imoral porque um dos critérios da moral, já o afirmava S. Tomás de Aquino, é a prudência e não vejo como é que pode ser prudente uma operação que não reúne o consenso científico e técnico e em que há demasiadas incógnitas. Mas a vacinação de crianças num país integrado num espaço económico rico, como é o caso de Portugal, é também imoral do ponto de vista da gestão de recursos limitados. A prioridade devia ser vacinar os países pobres, onde nem sequer muitos profissionais de saúde e grupos de risco têm a primeira dose da vacina. Esta é a vacinação prioritária para reduzir os contágios e travar pandemia.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub