Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário do Ano C-19

Diário do Ano C-19

02
Mar21

A covid-19 como fado

João Miguel Almeida

Não foi espalhado por Deus

Nem talvez pelo diabo

Este vírus maldito

Nosso triste fado.

 

Este inimigo inerte

Corre entre amigos

Ferindo o corpo

Chamando a morte.

 

Estes vírus invisíveis

Cavam um abismo

Entre mim e ti

Roubam-nos abraços.

 

Levam-nos relações

Brutais como borracha

Apagando o sol e as flores

Em desenhos de crianças.

 

Pior que a doença

São as almas atormentadas

As infâncias acabrunhadas

As vidas confinadas.

 

Não foi espalhado por Deus

Nem talvez pelo diabo

Este vírus maldito

Nosso triste fado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub